Explicando erros que nada importam no contexto

Isso aqui se tornou a minha privada sentimental, geralmente de vômitos e cagadas cheios de odio, tristeza e algumas lagrimas secas de amor. This has become my sentimental toilet bowl, usually vomit and shit filled with hate, sadness and some dry tears of love.

26.9.10

Entre aspas

"Não quis dizer pra você voltar pra mim, isso não vai acontecer.
Mas você sabe que eu gosto de você, mesmo depois das coisas que falei e fiz,
isso não vai mudar... jamais.
Sinto sua falta e estou sendo sincera em dizer isso.
Desculpe pelas coisas que falei e fiz,
só queria ter dado um adeus... coisa que não tive oportunidade.
Sinto sua falta, não vou negar isso.
Eu te amo.
Eu te amo, mais que tudo nessa vida.
Adiantaria alguma coisa se eu te dissesse que ninguém no mundo
pode amar tanto alguém como eu te amo?
Sinto sua falta... a cada dia que passa mais, choro todos os dias... não sei explicar, quero você!
Penso em ir falar com você pra pelo menos falar adeus...
não sei se vai me receber, por isso não fui ainda.
Tenho medo, mas você sabe o que realmente sinto por você,
e nem o tempo nem nada vai mudar isso.
Te amo."

No comments: