Explicando erros que nada importam no contexto

Isso aqui se tornou a minha privada, sentimental ou não, geralmente de vômitos e cagadas cheios de odio, tristeza e algumas lagrimas secas de amor. This has become my sentimental(or not) toilet bowl, usually vomit and shit filled with hate, sadness and some dry tears of love.

27.4.10

Não morro de amor por você

Mas há a vida que é para ser intensamente vivida, há o amor. Que tem que ser vivido até a última gota. Sem nenhum medo. Não mata.

Aí ela conclui:

É quase impossível evitar o excesso de amor que um bobo provoca. É que só o bobo é capaz de excesso de amor. E só o amor faz o bobo.

Clarice Lispector

No comments: